Alimentação de verão: os 7 melhores alimentos para a estação

Você sabia que a alimentação de verão deve receber uma atenção a mais? Marcada por um calor intenso, em especial no Brasil, e por festas e viagens, essa época demanda o consumo de alimentos balanceados, ricos em minerais, vitaminas e muita água. Isso ocorre porque, nesse período, o contato constante e excessivo com os raios solares, além da correria da rotina, podem causar desidratação, insolação e até mesmo desnutrição.

Por isso, resolvemos apresentar neste post alimentos saudáveis e ideais para o verão. É importante ressaltar que uma alimentação específica e equilibrada para a época assegura o equilíbrio do corpo e da mente. Ela também é importante para proporcionar mais bem-estar e evitar os desconfortos causados no dia a dia, principalmente em dias mais ensolarados. Se você tem interesse e quer ficar por dentro do assunto, leia este artigo!

1. Castanhas

Caracterizadas por serem alimentos com fotoproteção, ou seja, alimentos capazes de diminuir os efeitos da radiação solar na pele humana, as castanhas são ótimas opções para serem ingeridas no café da manhã ou para acompanhar refeições.

A castanha-de-caju, por exemplo, é genuinamente brasileira e é fonte de gorduras monoinsaturadas, consideradas as gorduras benéficas ao organismo (já que diminui o nível de LDL, colesterol ruim, do organismo e estimula os níveis do HDL, colesterol bom).

O consumo diário das castanhas ainda previne o corpo da osteoporose e torna o ritmo dos batimentos cardíacos equilibrado. É importante apenas tomar cuidado em relação à sua ingestão, assim como o consumo de qualquer outra oleaginosa. Apesar de serem boas para a saúde, elas têm um elevado teor calórico e de gordura.

2. Nozes

Outra oleaginosa com fotoproteção é a noz. Capaz de proteger a pele dos intensos raios solares, especialmente no verão, o alimento também é rico em magnésio, essencial para proteger os ossos e combater o cansaço.

Assim como a castanha-de-caju, as nozes possuem grande quantidades de gordura. Aqui, é os níveis maiores são da versão poliinsaturada, rica em Ômegas 3 e 6 e ácidos graxos essenciais. O consumo ainda ajuda a diminuir os níveis de LDL, controlando os níveis de colesterol no corpo, entretanto, também pode diminuir o HDL.

3. Amêndoas

Capaz de diminuir o LDL e com um número elevado de vitamina E alfatocoferol (facilmente absorvida pelo organismo), a amêndoa é mais um alimento com fotoproteção. Um ponto positivo em relação às outras oleaginosas é que nem todas as paredes celulares dela são quebradas durante a mastigação. Isso significa que o organismo não consegue absorver toda a gordura do alimento, o que, na prática, torna-a menos calórica.

Além de poder ser consumida in natura, a amêndoa também é fortemente encontrada como base do leite vegetal, ideal para um bom e reforçado café da manhã. Por isso, ela ainda é uma boa opção para elaborar receitas e bebidas de verão, como sorvetes, smoothies com frutas congeladas e tortas geladas.

4. Água de coco

Considerada uma excelente fonte de reidratação, a água de coco é uma ótima opção para ser consumida em praias e piscinas, além de ser bem-vinda em refeições. Refrescante e naturalmente doce, a bebida é um verdadeiro isotônico natural, já que tem eletrólitos (como o potássio e o sódio).

Substâncias como essas são essenciais para que ocorra uma absorção mais rápida do organismo e para que o corpo possa repor o líquido perdido durante o verão.

O alimento, rico em nutrientes, beneficia totalmente a saúde do corpo, uma vez que ele deixa a química corpórea balanceada. Seu consumo também diminui os riscos de doenças cardiovasculares, melhora a digestão, equilibra os níveis glicêmicos do corpo, atua no funcionamento do sistema digestivo, previne a formação de placas de ateroma nas artérias, colabora com as funções renais e ainda atua como antienvelhecimento.

É elementar mencionar que a sua ingestão deve ser moderada e controlada. Isso porque não é indicado substituir a água mineral pela a água de coco, já que ela tem grandes quantidades de calorias.

5. Chás gelados

Feitos a partir de infusões de flores, raízes, frutas, ervas e folhas, os chás gelados nada mais são do que os tradicionais chás servidos em baixa temperatura, por vezes com gelo e uma rodela de limão (para ficar ainda mais refrescante) no seu café da manhã, por exemplo.

A bebida, além de ser natural e de ser elaborada com ingredientes vegetais, é uma ótima opção para substituir refrigerantes e demais bebidas com muito açúcar (como o milkshake) nos dias mais quentes do verão.

Seu consumo é boa uma forma de hidratar e refrescar o corpo. Supersaudável e com pouca caloria, a bebida pode ser facilmente introduzida em uma dieta balanceada, já que fornece energia, controla os níveis de glicose do corpo e possui flavonoides, indispensáveis para proteger os ossos de lesões e reduzir linhas de expressão e rugas.

6. Laranja

Caracterizada por ser uma fruta aquosa e supersaborosa, a laranja, além de matar a sede, é uma ótima opção para ser consumida in natura no café da manhã, em saladas e em sucos. O alimento é rico em betacaroteno e outros antioxidantes, que previnem o envelhecimento (normalmente acelerado com a exposição aos raios solares).

O consumo da laranja também beneficia a visão, aumenta a imunidade corporal, age no metabolismo de gorduras e acelera os procedimentos de bronzeamento da pele, ao mesmo tempo que a protege dos raios solares.

Tal situação ocorre porque o betacaroteno se transforma em vitamina A que, posteriormente, forma a melanina. É ela a responsável por proteger o corpo dos raios ultravioletas e por oferecer o bronzeado à pele.

7. Linhaça

Fonte de ômega 3, o consumo de linhaça durante o verão atua combatendo a inflamação e, por consequência, evita o aparecimento de manchas solares na pele. O alimento, que pode ser consumido no café da manhã juntamente com leite de amêndoas e frutas frescas, em uma salada fresca com folhas no almoço ou até mesmo junto com sucos naturais, também é rico em fibras, ômega 6 e proteínas.

Com ação antioxidante e com capacidade de renovar as células do corpo, a semente ainda ajuda no emagrecimento, previne doenças do coração e atua no sistema imunológico (prevenindo problemas desencadeados ou agravados pela exposição ao sol, como alergias de pele, lúpus, envelhecimento precoce e irritações oculares).

A linhaça também mantém a saúde dos olhos e garante mais energia e vitalidade para o dia a dia, já que acelera o metabolismo, produzindo energia celular e recuperando o corpo da fadiga muscular.

Agora que você já viu como a alimentação de verão é importante e alguns dos principais ingredientes que devem ser consumidos, aproveite as informações e inclua-os já em suas refeições principais. Não se esqueça de que é uma maneira de garantir a sua saúde e o equilíbrio físico e mental, além de mais qualidade de vida, disposição e bem-estar para o dia a dia.

Gostou da publicação? Então confira agora alguns alimentos fontes de antioxidantes, indispensáveis em uma dieta balanceada. Até mais!

Últimas Notícias

Alimentação