Saiba por que incluir alimentos frescos nas refeições diárias

 

 

 

 

Cada alimento que você consome afeta diretamente a sua saúde, tanto para o lado positivo quanto para o negativo. Por isso, mais do que adotar uma alimentação balanceada, é importante saber como escolher cada componente da sua dieta. Nesse sentido, optar por alimentos frescos é o primeiro passo para se manter em uma rotina saudável.

Mas o que são os “alimentos frescos?” Também chamados de in natura, são aqueles que estão prontos para consumo sem passar por qualquer alteração depois que saem da natureza, como verduras, legumes, frutas, tubérculos e raízes.

Diante da produção quase que generalizada de alimentos processados e ultraprocessados, ou seja, que são fabricados pela indústria com adição de sal, açúcar e demais substâncias artificiais e de uso culinário, é cada vez mais comum o desenvolvimento de doenças causadas por refeições baseadas em comidas de baixo valor nutricional, como pressão alta, obesidade, colesterol elevado e até mesmo desnutrição.

Quer evitar esses problemas? Continue a leitura para descobrir as vantagens do consumo de alimentos frescos!

Quais são as diferenças entre os alimentos in natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados?

Os alimentos frescos não passam por alterações industriais. Os minimamente processados passam por operações industriais para limpeza, moagem e pasteurização, mas não recebem nenhum tipo de substância química. Fazem parte dessa categoria os feijões, milho, arroz, lentilhas, cogumelos frescos ou secos, nozes, grão de bico, farinhas de mandioca, amendoim, milho e trigo.

Por outro lado, os processados têm adição de açúcar, sal e gordura. Entre eles estão os  legumes conservados em salmoura. Por sua vez, os ultraprocessados são aqueles cujas fórmulas são produzidas pela indústria, podendo conter pouco ou nenhum alimento natural, como molhos prontos e bolachas.

Quais são os benefícios dos alimentos frescos para o nosso organismo?

Os alimentos in natura são altamente benéficos para o ser humano, pois fornecem as vitaminas e minerais que o nosso organismo necessita para funcionar adequadamente. Isso porque eles são 100% naturais e preservam todas as suas qualidades nutricionais. Assim, há algumas vantagens no seu consumo.

São mais nutritivos

Os alimentos que ficam mais tempo absorvendo a energia do sol contêm mais nutrientes e vitaminas. Quanto maior é a exposição à luz solar, maiores serão os seus níveis de antioxidantes — substâncias que retardam o envelhecimento e previnem o câncer. Dessa forma, são considerados mais nutritivos do que as comidas industrializadas.

Não engordam

Se consumidos de maneira equilibrada, os alimentos frescos são ótimos para emagrecer, uma vez que são pouco calóricos, mas ricos em minerais e vitaminas. Com isso, as chances de engordar ou ter sobrepeso são bem menores.

Hidratam o corpo

Ao consumir os alimentos naturais frescos — que têm mais fibras do que os industrializados — você beberá mais água e isso é fundamental para manter o seu corpo hidratado, facilitando a eliminação rápida das toxinas e deixando você mais saudável.

Reduzem a pressão arterial

É só ler os rótulos dos alimentos industrializados para se deparar com altos níveis de sódio — um dos principais vilões da hipertensão. Já nos alimentos frescos, a quantidade de sódio é bem menor, o que ajuda a controlar e baixar a pressão arterial.

Controlam o diabetes

Quem tem diabetes dever ter cuidados redobrados com a sua alimentação diária, haja vista que é necessário controlar a ingestão de açúcares. Com o consumo de ingredientes in natura, é possível se alimentar melhor. Contudo, não exagere nas frutas, pois elas também têm frutose, que é açúcar.

Como adicionar alimentos frescos na rotina?

Mesmo na correria do dia a dia, você pode incluir os alimentos frescos nas suas refeições e ter uma rotina mais saudável. Para isso, confira as nossas dicas!

Selecione com cuidado

Na hora de comprar os alimentos in natura, fique atento a cada detalhe para assegurar o melhor aproveitamento de todos os nutrientes nas suas refeições. As verduras e frutas devem estar intactas, ou seja, sem feridas na casca e apresentando uma cor viva. Isso indica que você pode consumi-las com segurança e aproveitando todos os seus benefícios.

Planeje a compra

No geral, você pode encontrar alimentos frescos produzidos pelos pequenos produtores e comercializados em feiras. Procure saber a procedência dos itens, como foram cultivados e como são armazenados depois de colhidos — conhecer a procedência do que você come é fundamental para iniciar uma alimentação mais saudável.

Dê preferência para os vegetais e frutas da estação, que além de fresquinhos também são mais baratos. Fuja dos alimentos que costumam ficar armazenados por muito tempo, pois isso ocasiona a perda dos seus nutrientes ativos.

Para evitar o desperdício, é indicado comprar o necessário para o consumo em um curto período de tempo. Dessa maneira, os alimentos não vão estragar e você não terá que jogá-los fora.

Cuide das hortaliças antes de consumi-las

Para aproveitar todas as vitaminas que estão contidas nesses alimentos, quando for utilizá-los para consumo, comece a prepará-los com antecedência. Não deixe as hortaliças dentro da água por muito tempo, visto que isso acarreta a perda de nutriente. Para o armazenamento adequado, o ideal é cortá-las e colocar tudo em um saco plástico para manter na geladeira.

Deixe os alimentos in natura disponíveis

Separe as frutas, verduras e legumes que serão consumidos durante a semana, faça a higienização e coloque cada porção em um lugar de destaque na geladeira para que não sejam esquecidas. Outra opção é guardar as frutas já cortadas em um potinho que deverá ser carregado na sua bolsa, para quando bater aquela fome e você estiver fora de casa.

Prepare lanches saudáveis

Você também pode preparar sanduíches com alimentos in natura. Por exemplo, selecione duas fatias de pão integral, acrescente uma fatia de tofu, duas folhas de alface e rúcula, uma colher de mostarda, três rodelas de tomate e finalize com manjericão a gosto. Com ingredientes simples, é possível preparar lanches saudáveis e gostosos.

A adoção de uma dieta rica em alimentos frescos só traz benefícios para o nosso organismo. Apostar na diversificação do preparo desses ingredientes é o segredo para aumentar o consumo dos mesmos. Variar a aparência, sabor e textura facilita a aceitação do seu paladar.

Quer mudar os seus hábitos alimentares para melhor? Então entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar nessa missão!

Você também pode se interessar por:

Qualidade alimentar: conheça os benefícios de uma alimentação orgânica

Guia dos nutrientes essenciais para sua saúde

Ser vegetariano faz mal? Esclarecemos os mitos dessa alimentação!

Últimas Notícias

Alimentação