Qualidade alimentar: conheça os benefícios de uma alimentação orgânica

A cada dia que passa, a alimentação orgânica composta de frutas, legumes, verduras, cereais, grãos e sementes tem se tornado mais difundida. Isso ocorre porque a população está buscando alimentos mais saudáveis, naturais e com boa procedência, que possam proporcionar o equilíbrio do corpo e da mente, garantindo mais bem-estar, longevidade, qualidade de vida e tranquilidade.

Nesse sentido, resolvemos mostrar no artigo de hoje o que realmente é uma alimentação orgânica e como isso aumenta a qualidade alimentar de uma pessoa. Também apresentaremos quais são os verdadeiros benefícios que essa escolha proporciona e como isso é refletido na saúde da mente e do organismo.

Ficou interessado no assunto? Então continue lendo e saiba mais!

O que é uma alimentação orgânica?

Uma alimentação orgânica nada mais é do que uma alimentação composta por alimentos de qualidade e de boa procedência. Isso significa que cada processo de produção, desde o plantio até o envio para o consumidor, utiliza técnicas que buscam a qualidade do produto, valorizam a segurança alimentar e visam ao respeito ao meio ambiente e a toda a matéria que ele oferece, especialmente a água e o solo.

Como ocorre a agricultura orgânica?

A prática da agricultura orgânica visa a uma produção natural, sem a utilização de adubos sintéticos e químicos para nutrir o solo, sem o uso dos pesticidas sintéticos para acabar com as pragas nas plantações, sem o processo de irradiação para preservar os alimentos e sem o uso de hormônios e antibióticos.

Toda a produção se baseia em sistemas naturais que garantem a saúde da terra, da água e do ser humano, e que ainda valorizam um alimento de qualidade. Entre as técnicas, é possível citar:

  • a utilização de meios naturais para fertilizar o solo, como a adubação com leguminosas, esterco curtido e húmus de minhoca;
  • o controle biológico das pragas, como a utilização de insetos predatórios e armadilhas de insetos;
  • o cuidado e a preservação da água e do solo, por meio, por exemplo, da rotação das plantas, que interrompe o ciclo de doenças e pragas e que ainda preserva a qualidade da terra.

Quais são os benefícios de uma alimentação orgânica?

Como já mencionamos, a produção dos alimentos orgânicos é diretamente relacionada com a qualidade do produto, com a preservação da natureza e com a qualidade de vida. Por esse motivo, eles estão sendo mais procurados a cada dia por pessoas que prezam tudo isso e ainda buscam a qualidade alimentar. Confira agora mais profundamente quais são os benefícios desse tipo de alimentação!

Ajuda o meio ambiente

Como falamos, os produtores dos alimentos orgânicos objetivam a preservação dos recursos naturais, em especial do solo e da água. Ao contrário do modo de produção convencional, que investe em insumos químicos e em maquinários pesados, a agricultura orgânica busca ao máximo valorizar os recursos e utilizar técnicas que não os afete.

É válido falar que a produção tradicional, como ocorre na maioria das agriculturas do país, afeta imediatamente e também em longo prazo o meio ambiente, contaminando a água, agredindo o solo e atacando a vegetação ao redor. Com a técnica orgânica, a natureza vai ser poupada de tudo isso.

Preserva os nutrientes dos alimentos

Os alimentos orgânicos são contemplados com um valor nutricional muito maior do que os alimentos tradicionais. Esse valor chega a ser até 20 vezes maior, já que nenhum elemento químico vai interferir no desenvolvimento do produto.

Além disso, frutas e legumes orgânicos apresentam cerca de 40% a mais de antioxidantes do que os convencionais, impedindo que os radicais livres lesionem as células do corpo humano.

Evita o aparecimento de doenças causadas por substâncias químicas

É possível encontrar casos de doenças, como câncer, depressão e infertilidade, que foram causados pelo consumo de agrotóxicos encontrados em frutas, legumes e verduras. No entanto, com uma alimentação orgânica, livre de substâncias químicas e tóxicas, a possibilidade de um problema de saúde como esse acontecer é muito menor.

Garante mais sabor

Como não há nenhuma substância química ou agrotóxico que possa alterar as características do alimento, a produção vai preservar muito mais o seu sabor e o seu aroma natural. Isso significa que você vai ter alimentos muito mais intensos e gostosos.

Incentiva os produtores locais

Grande parte da agricultura orgânica é realizada por pequenos produtores locais. Com esses alimentos e com um consumo responsável, você automaticamente estará incentivando e valorizando esse tipo de produção, composta por núcleos familiares que tiram da terra e desses produtos a sua forma de sustento.

Restaura a biodiversidade

Esse tipo de produção protege a vida vegetal e a vida animal, uma vez que trabalha com o equilíbrio entre os elementos da natureza, preservando a vida silvestre, conservando as áreas naturais e criando ecossistemas saudáveis.

Além disso, haverá uma proteção contra a contaminação química das futuras gerações, já que a agricultura orgânica exclui a utilização de qualquer elemento que possa comprometer o solo, a água, o ar, a vegetação, as pessoas e os animais.

Aumenta a qualidade alimentar

Os produtos orgânicos recebem um selo dos órgãos certificadores independentes, que fiscalizam cada passo do cultivo, desde o plantio até a sua comercialização; ou de associações de agricultura orgânica.

Esse selo garante que os alimentos realmente são frutos de uma agricultura orgânica e estão aptos para o consumo. Isso faz com que você aumente a sua qualidade alimentar, uma vez que vai se alimentar de forma mais nutritiva, segura (por meio de produtos isentos de qualquer resíduo tóxico) e ainda com muito mais sabor.

Vale mencionar que você encontra produtos assim em feirinhas orgânicas, também chamadas de feiras verdes. Em alguns supermercados, também é possível encontrá-los, mas é elementar estar sempre atento aos selos de qualidade e de certificação.

Agora que você já viu o que é uma alimentação orgânica, como ela aumenta a qualidade alimentar de uma pessoa e quais são os benefícios que ela proporciona, não perca tempo e passe a buscar somente grãos, frutas, vegetais, leguminosas e sementes orgânicos. Não se esqueça de que, além de tornar a sua alimentação mais saudável, essa é uma maneira de equilibrar o corpo e a mente e de ter mais qualidade de vida e bem-estar.

Você gostou do nosso artigo de hoje? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de vários outros assuntos que vão te auxiliar a viver com mais qualidade. Até mais!

Últimas Notícias

Alimentação