Descubra como cuidar da saúde mental e por que é importante!

Ter uma mente equilibrada é indispensável para lidar com as emoções positivas e negativas que nos acometem no dia a dia. Assim, saber como cuidar da saúde mental por meio de estratégias que permitem o equilíbrio das funções mentais é fundamental para que o seu convívio social seja mais saudável para você e para quem está ao seu redor.

Da mesma maneira que a física, a saúde mental é uma parte integrante e complementar para a manutenção das nossas funções orgânicas. Nesse sentido, promovê-la é imprescindível para que possamos executar as nossas habilidades pessoais e profissionais, seja na hora de reagirmos a conflitos ou tomarmos decisões importantes.

O descuido com a saúde da mente deixa as nossas emoções fragilizadas, o que pode gerar uma série de complicações, como sucumbir ao estresse, problemas para se relacionar com familiares e colegas de trabalho, tristeza e, nos casos mais sérios, depressão e patologias físicas.

Quer melhorar o seu bem-estar e qualidade de vida? Confira, abaixo, o que fazer para ter uma saúde mental mais tranquila!

Desacelere a rotina

O primeiro passo para cuidar bem da sua mente é desacelerar e organizar melhor a sua rotina. Por mais importantes que sejam os seus objetivos, é preciso estar ciente de que todo mundo necessita de momentos de descanso, seja para relaxar ou para renovar as suas energias para o dia seguinte. Sem falar que a vida passa muito rápido e é crucial aproveitar cada instante dela.

Para diminuir o ritmo do seu cotidiano, comece dando prioridade para as atividades mais relevantes, respeitando a ordem de urgência. Com isso, você não fica sobrecarregado ao tentar abraçar o mundo de uma vez só. Também é necessário saber dizer não para aquelas tarefas que não vão acrescentar muita coisa e ainda prejudicarão a sua produtividade.

Além disso, procure viver o aqui e o agora, sem se deixar levar pela ansiedade de resolver tudo o quanto antes. Se você saiu para jantar com os seus amigos ou está brincado com os seus filhos, deixe as questões de trabalho e os aparelhos eletrônicos de lado para colocar a sua cabeça em outro foco e melhor aproveitar a experiência, por exemplo.

Elimine as preocupações desnecessárias

Preocupar-se constantemente, ter pensamentos negativos e estar sempre à espera do pior é a combinação certa para acabar com a sua saúde física e mental. Essas sensações podem deixar você inquieto, provocar dor de cabeça, tensão muscular, causar insônia, problemas estomacais e dificultar a concentração para as atividades profissionais e pessoais.

Em circunstâncias como essas, você pode acabar expondo os seus sentimentos negativos para quem está mais próximo, ocasionando brigas e mais problemas, se automedicar ou até mesmo fazer uso de substâncias que viciam para esquecer a sua realidade.

Manter a ansiedade sob controle é um grande desafio para a saúde mental de muitas pessoas. Contudo, não é algo impossível, basta iniciar eliminando as preocupações desnecessárias.

Ao se deparar com um conflito, não se desespere, respire fundo e procure saber todos os aspectos da situação: como ela afeta sua rotina e quais são as atitudes que você pode tomar para solucioná-la. Se é algo que não o prejudica e não tem solução, não vale a sua preocupação.

Pratique atividades desestressantes

Os benefícios das atividades físicas não se limitam aos resultados estéticos e à saúde do corpo, pois a prática de exercícios durante 30 minutos por dia auxilia a manter a oxigenação do cérebro em ritmo adequado e estimula a produção de endorfina — substância que proporciona a sensação de bem-estar e age diretamente na melhora da saúde mental.

Há diversas atividades que ajudam a desestressar, o ideal é testá-las até encontrar aquela que mais se adéqua ao seu perfil. A corrida é uma excelente opção para aliviar o estresse, refletir e relaxar. Uma alternativa interessante é a meditação, que tira o seu foco do agente estressor, levando-o a um estado de repouso.

Tenha uma alimentação saudável

O que você coloca no seu prato também pode beneficiar ou prejudicar a sua saúde mental. Levando isso em consideração, é recomendável modificar os seus hábitos alimentares, dando preferência para alimentos que influenciam no bom funcionamento da sua mente.

Ao optar por vegetais folhosos e frutas, como espinafre, couve manteiga, laranja, goiaba, abacaxi, acerola, tangerina, abacate e ameixa, é possível evitar desajustes mentais, como a depressão, e promover o bom humor. Isso porque esses alimentos contribuem para a produção de serotonina e dopamina — hormônios que dão a sensação de prazer e felicidade.

Durma bem

Dormir pouco é um dos maiores vilões da sua tranquilidade mental. Quem dorme pouco tende a acordar cansado, com mau humor, o que causa estresse e indisposição para cumprir as atividades do dia a dia.

Por outro lado, ter boas noites de sono revigora as suas energias e disposição e, de quebra, mantém a sua saúde física em ordem. Afinal, dormir mal continuamente afeta o seu corpo, podendo desencadear doenças cardíacas, obesidade, diabetes, entre outras.

Fique próximo de pessoas queridas

Interagir socialmente é um fator de proteção quando o assunto é saúde mental. Portanto, sempre que possível, mantenha contato direto e presencial com os amigos e familiares. Para descontrair, também vale participar de atividades em grupos com os mesmos gostos e interesses que você.

Apesar de parecer um conselho óbvio, estar perto de pessoas queridas e que nos fazem bem também é essencial para cuidarmos da nossa mente, tendo em vista que isso nos traz conforto e aconchego nos momentos difíceis.

Com uma rotina cada vez mais corrida, é preciso saber como cuidar da saúde mental corretamente para manter-se ativo e saudável em todos os aspectos da sua vida. Também é importante ressaltar a necessidade de desvencilhar a visão de que os problemas psicológicos estão relacionados à fraqueza.

Tal como as demais áreas do nosso corpo, o cérebro também contém substâncias químicas que podem entrar em desequilíbrio, causando problemas como síndrome do pânico e depressão. Sendo assim, se precisar, não hesite em procurar ajuda médica e psicológica.

Gostou deste post? Tem alguma dica especial sobre cuidados com a saúde mental? Deixe o seu comentário e compartilhe a sua opinião conosco!

Últimas Notícias

Bem-Estar