Fitoterapia: conheça o poder das plantas que curam

A natureza sempre ofereceu recursos renováveis e que são muito úteis para a humanidade. Com base nisso, foi desenvolvida a fitoterapia. Ela utiliza plantas que curam doenças e disfunções para o uso em tratamentos medicinais muito eficientes em vários tipos de problemas de saúde.

Esses métodos podem ser muito úteis também para oferecer ao organismo nutrientes em falta. Algumas plantas ajudam a controlar inclusive o stress, um dos males da sociedade moderna e que afeta tantas pessoas.

Poder optar por uma alternativa natural e não-agressiva como tratamento é uma grande vantagem para quem busca um estilo de vida mais saudável. Que tal conhecer algumas dessas plantas que têm poder de cura? Confira!

Ginseng

De origem asiática, essa planta tem como principal característica o efeito energético. Assim, ela é uma grande aliada para o combate à indisposição e ao cansaço excessivo provocado pela rotina atarefada do homem moderno.

Ela também tem atuação importante no fluxo sanguíneo cerebral, o que faz com que seja muito boa para a manutenção da memória. Você pode encontrar o ginseng moído em casas de artigos naturais.

Arnica

Você certamente já ouviu falar da atuação da arnica em machucados e lesões, certo? Por meio de géis e pomadas, ela reduz hematomas e diminui a sensação de dor com bastante eficácia. Para quem deseja usar a planta da forma mais natural possível, é possível preparar uma solução em casa.

Misture 1 folha de arnica picada a 5 colheres de álcool de cereais e 5 colheres de água. Misture bem os ingredientes até chegar a uma solução uniforme. Para que as propriedades sejam ativadas, é necessário deixar a mistura descansar por 15 dias antes de começar a usar. Aplique-a em traumas e lesões, mas nunca em feridas abertas.

Camomila

Presente em um dos chás mais tradicionais, essa erva tem boa atuação no processo digestivo e ajuda o intestino a funcionar melhor. Além disso, ela também atua na hidratação da pele, sendo importante no combate a irritações.

O chá é facilmente encontrado, mas a solução para aplicar na pele precisa ser preparada. Basta diluir 6 colheres (sopa) de flores de camomila em 1 litro de água. Depois disso, esse líquido deve ser colocado sobre a região em forma de compressa.

Alho

Tempero tradicional com aroma e sabores únicos, o alho também possui propriedades que podem ser muito úteis para o corpo humano. Ele é um dos maiores aliados naturais no combate ao colesterol alto e também funciona como um eficiente expectorante. Nesses dois usos ele precisa ser ingerido por meio de uma solução.

Você deve picar o alho e adicionar a medida de 1 colher (café), de aproximadamente 0,5g, a um copo com 30ml de água. A ingestão dessa mistura por duas vezes ao dia trará os efeitos desejados para os quadros citados.

Canela

A canela é uma especiaria única e muito tradicional. Além de seu perfume e sua atuação como tempero, ela também tem outras funções importantes para a saúde e é uma grande aliada das mulheres que sofrem com as cólicas no período menstrual — além de ser muito eficiente para a digestão.

Para aproveitar essas propriedades, basta fazer um chá com a casca da canela e ingerir o líquido uma vez ao dia. Vale apenas certificar-se de que você não possui intolerância a essa substância.

Valeriana

A valeriana é uma das principais plantas que curam: com ações anti-stress, ela é uma ótima aliada no combate a esse mal. Além disso, ela possui efeitos muito positivos na manutenção do sono e no controle da ansiedade.

Prepare o chá de valeriana da seguinte forma: em uma xícara, coloque 1 colher (chá) da raiz picada e, em seguida, adicione água quente. Coe o líquido após 5 minutos e beba, tomando cuidado para não tomar por 10 dias seguidos — faça sempre pausas de 2 dias.

Babosa

A babosa tem propriedades benéficas para os cabelos e sua atuação pode ser muito importante em um problema que geralmente afeta crianças: piolhos. Assim, ela se apresenta como uma solução natural quando aplicada diretamente na cabeça.

Basta cozinhar as folhas de babosa e, em seguida, esfregá-las no couro cabeludo da criança ou de quem estiver com piolhos e lêndeas. Deixe atuar por 15 minutos e depois enxágue bem.

Dente-de-leão

As folhas de dente-de-leão têm grande poder digestivo. Ela estimula a produção da bile, que é fundamental no processo, especialmente para comidas que precisam de um maior esforço do organismo. Sua atuação nessa função é potencializada também pela sua boa quantidade de fibras.

Para ingerir, basta ferver 4 colheres (chá) da erva para cada xícara de água, fazendo uma solução que é uma espécie de chá. No entanto, atenção: essa bebida não é recomendada para grávidas, menores de 2 anos, pessoas que tenham cálculos renais e hipertensos.

Eucalipto

A importância do eucalipto está diretamente ligada às funções respiratórias. Ele funciona como um eficiente expectorante, além de ser poderoso aliado no combate a problemas mais incômodos como a asma e a bronquite. Para quem sofre dessas doenças, a inalação é bastante eficaz.

Basta fazer uma solução de 1 litro de água com 8 folhas de eucalipto. Em seguida, basta levar a mistura ao inalador e fazer o processo cerca de 2 vezes ao dia.

Boldo-do-chile

Em certos momentos alguns alimentos não caem tão bem, concorda? É importante ter sempre uma alimentação saudável, mas há um remédio natural para solucionar problemas causados pelos exageros ou dificuldades de digestão: o boldo-do-chile. Ele é uma das principais ervas para aliviar problemas de digestão que causam náuseas e dores.

O consumo deve ser feito da forma mais tradicional, por meio do chá. Coloque uma colher (sopa) de folhas picadas para a medida de uma xícara de água e ferva tudo junto. Coe e ingira sempre que precisar — mas sem abusar, pois o excesso pode resultar em intoxicação.

As plantas que curam são as principais motivações para o desenvolvimento da fitoterapia. Com essa vasta opção, é sempre melhor optar por soluções naturais para a cura de doenças, disfunções ou dores.

Gostou de saber mais sobre a fitoterapia? É preciso também pensar sempre no consumo de recursos naturais de forma responsável. Confira o nosso texto sobre o assunto!

Últimas Notícias

Bem-Estar