Jet Lag: o que será que ele provoca no seu corpo? Descubra!

Você se preparou todo para uma viagem, mas, quando chegou lá, se sentiu mais estressado, com dificuldade para dormir, um cansaço fora do comum e até falta de apetite. É normal? Sim! São os efeitos que o jet lag, também conhecido como dissincronose. Ele aparece quando nós sofremos, repentinamente, uma mudança de fuso horário, inversão brusca de clima e pressão ou qualquer outra alteração que impacte o seu metabolismo. Embora muito comum em viagens longas, existem dicas que podem te ajudar a evitar os seus efeitos e aproveitar a viagem com muito mais disposição. Quer saber quais? Continue lendo!

Fique por dentro de 7 efeitos do jet lag e como evitá-los!

1. Insônia

Quando o destino da sua viagem está muitas horas na frente ou atrás do horário com o qual você está acostumado, ao chegar lá, provavelmente, você terá problemas para dormir e sofrerá com a insônia, que causa estresse, ansiedade, irritabilidade e muita indisposição. O mais recomendado para anular esse efeito é começar a mudar os seus hábitos de sono, pelo menos, uma semana antes da viagem. Procure ir para a cama uma ou duas horas antes ou depois do habitual. Assim, o seu organismo terá menos dificuldade para entender que sofreu uma mudança de fuso horário a qual precisa se adaptar.

2. Perda de apetite

Imagine: o seu corpo está acostuma a ser alimentado em um determinado horário e, durante a viagem, as refeições — principalmente se você for para outro país — podem ser feitas mais cedo ou mais tarde. Muito provavelmente vai rolar um desconforto do seu corpo em se adaptar a essa rotina, podendo gerar uma perda de apetite. 

Dê preferência para os alimentos que elevam os níveis de insulina — substância que regula o ”relógio” do estômago e o sincroniza com os horários das refeições. E, se for sair para fazer refeições, aposte nos pratos com alimentos que são fontes de vitamina B6, substância que produz a melatonina.

3. Fadiga

Fazer uma automassagem é bastante útil para evitar a fadiga. Tanto na ida quanto na volta da sua viagem, massageie as partes do seu corpo que estão mais tensas. Para as costas, basta fechar as mãos em punho e apertar a sua coluna delicadamente com movimentos vagarosos e circulares. Leve as duas mãos até o pescoço e ombros e aperte-os com as pontas dos dedos. Está cansado de ficar sentado? Levante-se e faça uma breve caminhada para ativar a sua circulação sanguínea, reduzir as dores, e evitar inchaços nos pés e pernas.

4. Cansaço

Ao desembarcar do avião, o seu maior desejo é aproveitar tudo que país tem para lhe oferecer, não é mesmo? No entanto, nem sempre isso é possível devido ao cansaço físico e mental que bate depois da viagem. Com um solução simples e natural, é possível recuperar a sua vontade de se divertir: estamos falando da bebida de aveia, que contém carboidratos e fibras que elevam a energia do corpo e diminuem a sensação de cansaço. Misture 200 ml de leite de aveia com 2 colheres de aveia, tome e logo se sentirá revigorado.

5. Concentração reduzida

Você sabia que os efeitos do jet lag também impactam as suas funções cognitivas? Por isso, você poderá sentir dificuldades para se concentrar, já que o seu cérebro está cansado e trabalhando fora dos padrões normais. Para quem viaja a trabalho, esse efeito pode ser ainda pior! Para se concentrar melhor, você pode praticar exercícios de mindfulness : um exercício simples é fechar os olhos, prestar atenção no seu corpo — nas sensações físicas, sentimentos ou pensamentos. Depois, concentre-se nos movimentos e respiração, volte a atenção para o corpo e percepções do local.

Você também pode se interessar por:

Afinal, o que é preciso para garantir uma boa rotina de sono?

6 exercícios para fazer durante as viagens e manter-se ativo!

Estafa: conheça a doença que causa desânimo, insônia e dores no corpo

Últimas Notícias

Bem-Estar