O que provoca e como tratar a dor nas costas? Entenda neste post!

A dor nas costas é um problema que atinge pessoas de várias idades, mas que pode piorar com o passar dos anos. A menor resistência muscular e óssea é um fator importante, mas também os maus hábitos e problemas de postura estão associados a esse incômodo problema que afeta tanta gente.

Um estudo da fundação Oswaldo Cruz apontou que 80% da população brasileira afirma sofrer com o problema, enquanto 36% já se encontra em um quadro crônico. O incômodo atrapalha o trabalho, o lazer e até mesmo o sono. Por isso, além de se atentar ao nível de dor sentido, é fundamental também se prevenir do problema.

Neste conteúdo, vamos falar mais sobre o que pode causar a dor nas costas e quais são os principais métodos de tratamento. Confira!

A dor nas costas e suas principais causas

A dor nas costas pode acometer qualquer pessoa e em diferentes níveis. Por isso, é importante manter-se atento à intensidade dos sintomas. Em alguns casos, o simples cansaço pode resultar em um leve incômodo, mas também há quadros em que as dores chegam a um patamar quase que insuportável.

Apesar de ser recorrente e comum, a dor nas costas não deve ser encarada como algo natural. Se ela acontece, algo está causando, e o ideal é agir para detectar o hábito ou o problema físico que está gerando esse incômodo que pode prejudicar muito o bem-estar e a qualidade de vida.

Má postura

A má postura é um problema que pode afetar pessoas de todas as idades, e o que gera as dores é justamente a continuidade dele. Uma posição em que a coluna não está devidamente alinhada pode ter consequências que ocasionarão dores em vários locais da região das costas.

A pressão excessiva na coluna pode gerar dores fortes na região, essas sentidas bem no meio das costas. Uma postura torta, de quem passa muito tempo sentado pesando o corpo para apenas um lado, pode também gerar dores na musculatura lombar. A dor após um longo dia é constante e incômoda!

Sedentarismo

O sedentarismo está ligado, na maioria das vezes, à troca de hábitos saudáveis e de práticas que exercitam o corpo por tempo excessivo sentado. Seja no sofá, seja em frente ao computador, algo comum no trabalho, as costas ficam sobre constante pressão e também expostas à postura ruim.

Sem um desafogo à coluna, como alongamentos e hábitos que exercitem a musculatura das costas, a tendência é a menor resistência do corpo. Quanto menos essa região for colocada em movimento e fortalecida, menor também será a resistência, e é assim que as dores chegam.

Estresse

Que o estresse é um dos males modernos à saúde, já se sabe bem, mas pouca gente está ciente de que ele tem relação direta com a dor nas costas. O primeiro fator de causa está ligado à liberação de hormônios comuns em situação de estresse. O cortisol e o ACTH, por exemplo, aumentam a percepção de dor.

Se a pessoa já estiver propícia ao incômodo, as situações de estresse tornam as sensações ainda mais agudas. Além disso, esses quadros causam a tensão muscular, o que afeta a região das costas. Em casos mais graves, o estresse pode até mesmo resultar em contrações, que geralmente resultam em fortes dores.

Sobrepeso

Ligado a fatores variados como o próprio estresse, à má alimentação e ao sedentarismo, o sobrepeso também está associado às dores nas costas. Mais quilos representam maior esforço para a estrutura corporal, e isso tem consequências.

A coluna sofrerá com uma sobrecarga, algo que pode piorar ainda mais se o problema com o peso estiver associado à má postura. O sobrepeso também acarreta pressão excessiva na musculatura, especialmente a lombar. Esse quadro gera dores intensas, especialmente na parte lateral das costas, logo acima da cintura.

A busca pelo profissional adequado para solucionar o problema

A dor nas costas precisa ligar o sinal de alerta para quem sofre do problema. Quanto mais tempo os sintomas persistem sem tratamento, maior será a dor a longo prazo. Naturalmente, há momentos em que as dores são causadas por esforços excessivos em um dia atípico, ou até mesmo pelo cansaço, o que é normal.

O problema começa a ser mais preocupante quando as dores são muito fortes, recorrentes e, em alguns casos, até mesmo insuportáveis. Conviver com esse incômodo fica cada vez mais inviável, então é hora de buscar um profissional ortopedista.

Ele é o único profissional adequado para detectar quais fatores causam as dores em cada paciente. Por meio de alguns exames, se necessários, e uma série de questionamentos ao paciente, o ortopedista terá o diagnóstico e direcionará para a melhor forma de tratamento.

Os principais tratamentos para a dor nas costas

Há vários tipos de tratamentos para dor nas costas, uns mais simples e pontuais, enquanto outros são voltados ao longo prazo. O que determinará o tipo de método é o nível do problema no momento e a intensidade das dores. A seguir, veja alguns métodos, no que consistem e quando são mais indicados.

Compressas

As compressas são recomendadas para dores causadas por pressão no nervo ciático, quando o incômodo reflete nas pernas, ou para dias de esforços excessivos e práticas inadequadas de atividades. Cerca de duas vezes ao dia, a compressa de água morna deve ser aplicada na região, por volta de 15 minutos em cada lado das costas.

Massagens

O estresse pode causar a tensão dos músculos, que ficam enrijecidos. Nesses casos, a massagem realizada por profissionais é a melhor saída. Ela ajudará no relaxamento circular e na despressurização dos nervos, o que geralmente causa dor.

Fisioterapia

Doenças com origem óssea, ou seja, relacionadas à coluna, podem demandar sessões de fisioterapia, o que representa um tratamento mais prolongado. Geralmente, as dores ligadas aos problemas dessa origem são mais fortes e sentidas no meio das costas.

Pilates

O pilates é composto por uma série de exercícios que têm a finalidade de fortalecer a musculatura das costas. Essa prática ajuda a lidar com problemas causados pelo estresse, pela má postura e por outras questões que causam a sobrecarga da musculatura das costas.

RPG

Hérnias de disco e problemas de postura geralmente são tratados com sessões de RPG, que visam a reeducar o posicionamento das costas. As sessões são compostas por práticas de posturas e exercícios originários de técnicas de fisioterapia.

Alongamento

O alongamento é uma técnica importante e que serve também como uma preparação prévia. É ideal colocar em prática antes de exercícios e de longas jornadas, especialmente para quem passa muitas horas sentado. Pausas no expediente para exercícios de alongamento também são fundamentais!

A dor nas costas não precisa ser um impeditivo para um cotidiano mais agradável. Por mais que seja um problema recorrente, bons hábitos afastam o incômodo e podem ser tratados da maneira certa.

Siga-nos em nossas redes sociais e confira outros conteúdos como este: Facebook | Instagram.

 

Você também pode se interessar por:

 

Problemas para dormir? 5 jeitos de acabar com essa situação

Como o seu estilo de vida pode agir na prevenção de doenças?

Entenda como funciona a argila medicinal para o tratamento de dores

Últimas Notícias

Bem-Estar