Oito sinais de estresse que as pessoas costumam ignorar

O estresse tem relação direta com 80% dos problemas que levam as pessoas a consultas médicas. Seus efeitos são variados, mas duas coisas são claras: o estresse faz muito mal e não recebe a atenção que devia. Isso porque tratar apenas os efeitos mascara a real causa dos sintomas e dificulta identificar o estresse como fonte. Muitas vezes, estamos sofrendo com sinais de estresse, mas não relacionamos os sintomas ao causador. Será que os sintomas do estresse estão se manifestando e você não percebeu? Confira oito sinais que as pessoas costumam ignorar:

1) Queda de cabelo

Seu cabelo tem caído mais ultimamente? Às vezes, a culpa não é daquele novo shampoo que você comprou. A queda excessiva de cabelo é um dos sinais mais comuns do estresse. Para poder associar esse sintoma ao problema, tente se lembrar quando foi que você começou a notar o aumento da queda do cabelo e, se na mesma época, você estava se sentindo em seu limite. Como sempre, é importante ter uma opinião médica, ainda mais se a condição estiver associada a outros sintomas da lista.

2) Dores de cabeça

A dor de cabeça pode se manifestar por diversos motivos, mas a sua relação com o estresse é muito grande: ele aumenta e agrava os episódios de cefaleia. Assim, a expressão “tal pessoa só me dá dor de cabeça” tem um grande fundo de verdade.

É comum que em situações que causam ansiedade e estresse, como provas e entrevistas, algumas pessoas sintam dores de cabeça. No entanto, isso não pode se tornar algo de rotina. Marque uma consulta médica se os sintomas persistirem.

3) Falta de ar

Algumas pessoas se sentem literalmente sufocadas em situações estressantes. Muitas vezes, com a ansiedade, a pessoa começa a sentir falta de ar, algo que pode levar a episódios mais graves, como ataques de pânico, com a sensação de peito apertado e sem conseguir respirar direito. Nessa hora é importante buscar um ambiente onde se sinta mais seguro e à vontade, de preferência um local aberto e tentar relaxar e se acalmar.

4) Suor

O suor é outro dos sintomas mais comuns do estresse. Ele pode se manifestar como suor noturno, suor frio ou suor em excesso. De qualquer forma, ao perceber que você está suando mais do que o comum, sem praticar atividades que causem isso, é hora de ligar o radar de que isso pode estar relacionado ao estresse.

5) Alergias

Placas vermelhas na pele? Irritação em alguma parte do corpo? Outra forma do estresse se manifestae é por meio de alergias. Além de afetar a pele, o estresse também pode agravar quadros de asma e piorar alergias respiratórias. Caso você nunca tenha sofrido com alergias anteriormente, isso pode estar sendo causado por estresse. Fique de olho!

6) Dificuldade para dormir 

Insônia pode ser um dos sintomas de estresse. Muitas vezes as pessoas não conseguem deixar de pensar em seus problemas e acabam não conseguindo dormir direito em outros momentos o sono simplesmente não vem. Isso acarreta em um cansaço excessivo ao longo do dia devido à falta de descanso. O pior é que isso acaba se tornando um círculo vicioso pois o nervosismo não deixa a pessoa dormir e a falta de sono causa mais estresse e cansaço. A única forma de resolver é tentar encontrar as causas do estresse e passar a ter hábitos mais saudáveis.

7) Gastrite e úlceras

O estresse também pode desencadear problemas na parede do estômago, gerando casos de gastrite e úlcera. Esses tendem a piorar enquanto a pessoa continuar convivendo com as causas do estresse.

Tudo começa com a gastrite, que pode evoluir para quadros mais graves como úlcera, gastrite crônica e até mesmo câncer. É muito importante consultar um médico.

8) Imunidade baixa

Esse é um dos quadros apresentados quando a pessoa sofre com estresse intenso. A baixa imunidade é muito preocupante porque por acarretar diversas doenças. Ao chegar nesse ponto, é muito importante repensar em seus hábitos e mudar seu estilo de vida.

Você também pode se interessar por:

Tipos de estresse: como saber de qual deles você sofre?

6 técnicas de relaxamento mental para desacelerar em um dia corrido

Mindfullness: descubra os seus benefícios para a saúde!

Últimas Notícias

Bem-Estar