Pilates: saiba como ele ajuda no tratamento das dores nas costas

Faça um exercício mental: no último mês, você reclamou de dores nas costas? Se sim, quantas vezes? As dores nas colunas têm sido uma queixa recorrente entre as pessoas da sociedade moderna. Em muitos casos, esse problema é oriundo de vícios posturais, de patologias e da falta de atividades físicas. Para quem sofre com isso, o pilates para coluna é um método eficiente para aliviar ou até mesmo eliminar as incômodas dores nessa região.

Por que o pilates ajuda nas dores nas costas?

O pilates se baseia na realização de um programa de exercícios que compreende todo um trabalho de conscientização corporal por meio da prática física. A maioria das atividades contribui para o fortalecimento dos músculos que dão suporte para a coluna, facilitando o entendimento do que realmente é uma postura correta.

Como funciona o pilates para coluna?

Quando utilizado para tratar a dor na coluna, o pilates se divide em três pontos essenciais. Em primeiro lugar, é feita a contrologia que foca no controle consciente de todos os músculos do corpo. Nessa fase, você deve realizar atividades que utilizam os músculos abdominais para diminuir as dores e, simultaneamente, melhorar o seu condicionamento físico.

O segundo ponto trabalhado é a respiração, que é feita pelo abdômen, tendo como finalidade despertar as células do corpo e efetuar o descarte dos detritos que estão relacionados à fadiga. O paciente inspira durante a preparação do exercício e expira na realização dos movimentos.

Também é trabalhada a concentração, que é a capacidade de focar a mente e o corpo para que a atividade física seja cumprida da melhor forma possível, mas sem deixar de respeitar os limites de dor.

Quais são os benefícios da prática de pilates?

Os princípios do pilates ajudam a recuperar a saúde da coluna, atuam na reabilitação de lesões e promovem a melhora do alinhamento postural, aliviando as dores e corrigindo os problemas de postura. Além disso, ele também consegue corrigir a postura por meio dos exercícios de alongamento, aumenta a flexibilidade, fortalece os músculos de maneira completa, melhora a coordenação motora — nada de levar tombos por aí, viu? — e previne contra fraturas osteoporóticas. Por todos esses benefícios, o pilates é indicado para todas as fases da vida, inclusive na terceira idade, fase em que temos a maior perda de massa óssea. 

Você também pode se interessar por:

Dor aguda e dor crônica: qual a diferença e como tratar?

Conheça os benefícios da hidroterapia

7 cuidados com a postura para acabar com as dores nas costas

Últimas Notícias

Bem-Estar