Sabe o que é estresse crônico? Entenda os efeitos dele sobre o corpo

Traumas que não foram superados, situações de extrema ansiedade e problemas recorrentes. Todos esses fatores podem contribuir para um quadro de estresse crônico, diminuindo a qualidade de vida e desencadeando outros problemas de saúde.

Este post vai mostrar mais sobre essa situação para que você saiba identificar o problema e os males que ele pode causar. Confira!

Entenda o que é o estresse crônico

O estresse é uma reação comum do corpo humano para determinados momentos que podem representar perigo iminente, demandando reações rápidas e adequadas. Porém nem sempre é assim que funciona.

A pressão no trabalho, a irritação com questões do cotidiano, a dificuldade de lidar com demandas em excesso e outros desafios podem ser fatores para desencadear o estresse. Isso acontece mesmo que não exista, de fato, um momento de risco.

Há ainda uma situação mais complicada e que exige mais atenção: o estresse crônico. Ele acontece quando uma situação de extremo estresse ou um evento traumático ocorrido há mais de 3 meses não foi assimilado e resolvido da maneira correta.

Em alguns exemplos, essas situações não superadas podem ser a perda de uma pessoa querida, um acidente ou agressão sofrida, um período de altas demandas no trabalho, época de provas na universidade ou pós-graduação, instabilidade na vida amorosa e até mesmo problemas com os filhos.

Quando o estresse crônico está presente, é quase como viver em uma bola de neve: as obrigações e os problemas só aumentam, sem que haja a tranquilidade necessária para lidar com tudo isso.

Como resultado, a situação é praticamente insustentável para quem está sofrendo. É nesse momento que a saúde começa a ser seriamente afetada de diferentes maneiras.

Conheça os efeitos do estresse crônico no corpo

O estresse crônico tende a prolongar suas reações no corpo humano, prejudicando o cotidiano de quem sofre dele. Naturalmente, fica difícil levar uma vida saudável e adequada tendo que lidar diariamente com dificuldades.

As reações se manifestam física e psicologicamente, diminuindo consideravelmente a qualidade de vida de quem tem o problema. A seguir, veja quais os principais efeitos do estresse crônico no corpo e como eles podem ser prejudiciais.

Esgotamento

Acordar cansado e ir dormir cansado. Essa é a sensação da maioria das pessoas que sofrem da condição de estresse traumático, por não ter conseguido superar algum evento específico.

O problema causa um esgotamento físico e mental em altos níveis e, no cotidiano, fica cada vez mais difícil ter energia e capacidade para lidar com os esforços que a rotina exige, sejam eles físicos ou mentais.

Dificuldades cognitivas

A permanência do estresse causa dificuldades cognitivas mais sérias, transformando simples atividades em situações complexas. A concentração é muito prejudicada, já que o portador do problema não consegue se tranquilizar.

A sensação constante é de que algo de grave vai acontecer, mesmo quando não há nenhum motivo iminente para se preocupar. Como consequência, acontece a total dispersão, algo muito comum em quem sofre de estresse crônico. Fica mais difícil fazer qualquer coisa, desde trabalhar até assistir um simples filme.

Falhas de memória

As situações de estresse crônico podem causar consequências mais sérias por conta de seus efeitos sobre as células cerebrais. Como resultado disso, memórias relacionadas ao evento traumático podem ser simplesmente apagadas.

Além disso, memórias de curto prazo também podem sofrer essas consequências. Quem se encontra nesse quadro pode se ver confuso ao perceber que se esqueceu do caminho para chegar a um destino, ou não se lembrar do que conversou com uma pessoa próxima nos últimos dias.

Aumento do peso

Toda vez que o organismo humano se vê em situação de estresse, uma substância chamada cortisol é liberada na corrente sanguínea, a fim de ajudar a manter a adrenalina necessária para enfrentar essa suposta situação de risco.

O cortisol tem altos níveis de açúcar e, naturalmente, no estresse crônico a tendência é que essa substância aumente no corpo, sem ser consumida, já que não há um motivo para o estresse. Com isso, há o acúmulo de açúcar, ocasionando o aumento de peso.

O problema fica ainda mais grave, já que esse excesso de açúcar pode desencadear doenças e problemas de saúde, como o diabetes e doenças cardíacas.

Além da questão do cortisol, o estresse crônico também aumenta outros sentimentos, como o nervosismo e a ansiedade. Como consequência, comportamentos prejudiciais aparecem, como uma vontade de comer quase incontrolável, gerando distúrbios alimentares.

A pessoa que sofre com o problema tem dificuldade em distinguir a fome física da emocional, sem conseguir identificar que o que ocorre é, na verdade, uma grande ansiedade. Assim, é comum descontar o problema na comida, sendo mais um fator que ajuda a ganhar peso.

Humor prejudicado

A instabilidade emocional que o estresse crônico causa é uma das características mais marcantes desse problema. Nem sempre é possível se manter equilibrado quando se está sofrendo, o que pode ficar claro por meio da questão comportamental.

As mudanças repentinas de humor são exemplos claros dessa instabilidade. As variações passam a ser cada vez mais comuns, causando sofrimento à pessoa, que se vê desmotivada e com baixa autoestima. Caso a situação seja agravada, uma das consequências mais graves pode ser um quadro de depressão.

Veja como tratar esse problema

Superar o estresse crônico depende da busca pela mudança no estilo de vida como um todo. Naturalmente, se há eventos traumáticos mais sérios envolvidos, é importante buscar ajuda médica e psicológica especializada, que se fazem fundamentais quando aliadas às mudanças de hábitos importantes.

No cotidiano, há mudanças mais simples e que devem ser adotadas para que, em longo prazo, sejam capazes de trazer uma vida mais saudável, proporcionando o controle do estresse. Entre os principais hábitos, alguns importantes são:

  • atividades físicas;
  • hobbies e momentos de lazer;
  • alimentação saudável;
  • sono de qualidade;
  • organização de agenda.

O estresse crônico demanda atenção, já que é considerado anormal e pode trazer consequências mais graves. Agora que você entende melhor sobre o problema, esteja atento aos seus sintomas!

Pode ser importante conhecer clínicas que ajudam a tratar o estresse crônico, como o Rituaali. Visite nossa página na web e conheça melhor o nosso trabalho!

Últimas Notícias

Bem-Estar