5 chás anti-inflamatórios poderosos no combate às inflamações

O uso de produtos naturais para tratar doenças é uma tradição que atravessa séculos, o que se deve à eficiência das ervas quando o assunto é curar doenças, principalmente as inflamatórias, como dor de garganta, lesões na pele, incômodos musculares e, até mesmo, problemas na bexiga e rins. Não é à toa que muitos dos remédios disponíveis no mercado são fabricados a partir do que é oferecido pela natureza. Assim, os chás anti-inflamatórios são ótimos para aliar aos tratamentos medicinais e acelerar a sua recuperação.

O que não faltam são elementos naturais que podem ajudar você a se livrar de uma inflamação, e o melhor de tudo: não causam efeitos colaterais, como acontece durante o consumo de alguns remédios industrializados e manipulados.

Ficou curioso? Conheça, abaixo, os melhores chás anti-inflamatórios para cuidar da sua saúde!

1. Chá de hortelã

A hortelã é uma erva rica em flavonoides — antioxidantes que protegem os vasos sanguíneos — e substâncias que possuem efeito analgésico e anti-inflamatório. Sem falar que ela também contém minerais e nutrientes, sendo ótima para tratar gripe, cólica, problemas de fígado e enxaqueca.

Fazer esse chá é muito simples, basta aquecer aproximadamente 500 ml de água até levantar fervura, e depois acrescentar folhas frescas de hortelã. Desligue o fogo, tampe o recipiente por 5 minutos, coe e a bebida está pronta para ser consumida.

2. Chá de dente-de-leão

O chá feito com essa planta é bom para combater distúrbios digestivos, uma vez que os seus princípios ativos estimulam o fígado a produzir a bile, que ajuda a digerir as gorduras, além de ajudar os rins a eliminar os resíduos do sal por meio da urina. A planta também evita os picos de açúcar no organismo — fenômeno comum entre os diabéticos —, fortalece o seu sistema imunológico e reduz a inflamação relacionada à artrite e artrose.

Para aproveitar os benefícios do dente-de-leão, separe 2 colheres (de sopa) da planta e cozinhe em 1 litro de água, deixando ferver. Retire do fogo e abafe por 10 minutos. Por fim, é só coar e tomar. O ideal é beber o chá até três vezes por dia.

3. Chá de cravo da índia e gengibre

Surgiu aquela dor de garganta ou de dente e está com dificuldades para falar? A combinação entre cravo da índia e gengibre é perfeita para acabar com a inflamação na garganta e dentes, visto que juntos esses produtos apresentam propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, analgésicas e cicatrizantes.

No preparo desse chá, você deve acrescentar 1g cravo da índia para cada 1 cm de gengibre com casca. Coloque tudo em uma panela, ferva de 10 a 15 minutos. Deixe esfriar, coe e tome. Não há contraindicações, portanto, você pode tomá-lo no decorrer do dia até sentir uma melhora na sua garganta ou dente.

4. Chá de cúrcuma

Conhecida pela sua ação anti-inflamatória, a cúrcuma é uma raiz medicinal que combate a histamina e aumenta a cortisona natural, auxiliando no controle das inflamações. O item natural também fortalece o sistema imunológico,  retarda o envelhecimento, previne contra o Alzheimer, problemas cardíacos e câncer.

Para tomar o chá, ferva 1 litro de água em uma panela, acrescente 2 colheres de cúrcuma em pó e deixe cozinhar por 10 minutos. Por último, desligue o fogo, abafe a infusão por 5 minutos, coe e beba.

5. Chá de agrião

Muito utilizado em saladas, o agrião é um poderoso diurético e anti-inflamatório, que pode ser usado para tratar gengivites, aftas, eczemas, acnes, tosse e melhorar a digestão. Devido as suas propriedades anti-inflamatórias e expectorantes, a planta é frequentemente indicada para problemas respiratórios, como bronquites crônicas, pois limpa as vias respiratórias.

Comece o seu tratamento colocando 1 maço de agrião para ferver em 1 litro de água, e aguarde levantar fervura. Transfira a bebida para uma xícara e tape por 5 minutos ou até amornar. Se preferir, acrescente 1 colher (de sopa) de mel para adoçar.

Eficazes e de fácil preparo, os chás anti-inflamatórios agem rapidamente e são indicados para a maioria das pessoas. No entanto, vale ressaltar que se persistirem os sintomas é fundamental buscar acompanhamento médico.

Quer levar uma vida mais saudável e equilibrada? Veja como a alimentação pode influenciar na sua saúde!

Você também pode se interessar por:

Sucos desintoxicantes: saiba o que são e como incluí-los na dieta

“Alimentar-se com comida da terra, viva e orgânica é um ato de prosperar saúde”

Benefícios do chá: conheça 8 tipos que vão ajudar a manter a sua saúde em dia

 

Últimas Notícias

Saúde