Afinal, apneia do sono tem cura? Saiba mais aqui!

Ronco, falta de ar, cansaço e mau-humor. Reconhece esses sintomas? Cuidado! São sinais de que você pode estar sofrendo da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). Quem passa por isso, sabe que os sintomas podem afetar o rendimento nas atividades cotidianas, o que faz muitas pessoas buscarem saber se a apneia do sono tem cura ou pode ser controlada. E aí, vamos descobrir?

O que é a apneia do sono?

A apneia do sono é um distúrbio provocado por falhas no sistema respiratório. Durante o sono, a respiração cessa e recomeça diversas vezes nas vias aéreas superiores e, consequentemente, gera uma respiração irregular com pausas de até 10 segundos, o que reduz a quantidade de oxigênio do sangue. Isso faz com que o cérebro emita uma mensagem de que algo está errado e você acorde por um momento para voltar a respirar normalmente. Na maioria dos casos, quem sofre de apneia não está sabe que esses eventos ocorrem durante a noite.

O que causa a apneia do sono?

Aumento de amígdalas

Você sabia que as amígdalas têm contato com todos os alimentos que ingerimos? Isso acontece porque elas ficam próximas da via que utilizamos para nos alimentar. As inflamações recorrentes na garganta  podem ser causadas pelo acúmulo de alimentos nessa área, justamente porque as amígdalas ficam em um local difícil de higienizar. Por conta disso, elas acabam infecionando, aumentando de tamanho e atrapalhando o sono, o que acarreta na apneia e nas noites mal dormidas.  Quando as amígdalas aumentam de tamanho, o ar tem dificuldade de passar, levando a interrupções na respiração. 

Sobrepeso e obesidade

A pessoa com sobrepeso ou obesa tende a ter mais gordura ao redor das vias aéreas superiores, o que acaba diminuindo o diâmetro da faringe e do tórax e contribuindo para a obstrução da respiração, já que é preciso aplicar um esforço maior para o transporte do ar.

Histórico familiar

A apneia do sono também pode estar relacionada à sua genética. Um estudo feito pela instituição Roger Williams General Hospital, nos Estados Unidos, aponta que pessoas com casos dessa doença na família, tanto em pais quanto em avós, tem três vezes mais chances de desenvolver esse problema, que pode se manifestar desde criança ou na fase adulta.

Quais são os tratamentos para apneia do sono?

O diagnóstico da apneia é feito através do exame de polissonografia — ele mede a atividade respiratória, muscular e cerebral do paciente durante o sono. Infelizmente, é uma doença que não tem cura, exceto em casos em que são feitas cirurgias no nariz ou para remoção das amígdalas. No entanto, as cirurgias são mais eficazes em crianças que em adultos.

Mas, a boa notícia é que a apneia do sono pode ser controlada através de tratamentos! Nos casos mais leves, o paciente pode fazer uso de aparelhos odontológicos enquanto dormem para posicionar a mandíbula mais para frente, impedindo que as vias aéreas sejam bloqueadas. Para os casos mais severos, é preciso usar uma máscara de pressão positiva contínua que joga ar nas vias respiratórias, mantando-as abertas.

Você também pode se interessar por:

Afinal, o que é preciso para garantir uma boa rotina de sono?

Tomar remédio para dormir faz mal? Descubra os efeitos dessa prática!

Dormir pouco faz mal? Descubra os efeitos desse hábito na sua saúde

 

Últimas Notícias

Saúde