“As pessoas gastam tempo com musculação quando deveriam caminhar”

Quebrar mitos em relação à dieta e à prática de atividades físicas por meio divulgação de informações científicas e baseadas em evidências práticas. Esses são os principais desafios que o médico e nutrólogo Rogério Frossard abraçou nos últimos anos, nos quais dedicou-se a enfrentar o que considera um dos maiores inimigos da saúde da população: a desinformação.

“É muito importante a pessoa entender como funciona o corpo para que ela possa fazer escolhas inteligentes, que realmente promovem a perda de peso e mantém o corpo saudável. Há muitos mitos que precisamos confrontar na alimentação e nas atividades físicas. A falta de entendimento sobre como o músculo funciona, por exemplo, é um problema”, explica o profissional, que se especializou em estudar a musculatura do corpo e de que forma ela auxilia no emagrecimento e na manutenção de um peso saudável.

De acordo com Frossard, existem exercícios específicos que auxiliam o trabalho da musculatura, promovendo a perda de peso. Mas se você pensou em musculação, errou.

“As pessoas gastam muito tempo com exercícios para aumentar o músculo quando, na verdade, devem aumentar o oxigênio no corpo, ou seja, praticar exercícios de deslocamento, como a caminhada e a natação. Esquece o ‘no pain, no gain’, isso acaba com o corpo. O músculo precisa estar em movimento, mas sem que a pessoa esteja bufando. São exercícios de deslocamento de longa duração e que respeitam a frequência cardíaca e respiratória de cada um que promovem a queima de gordura”, garante.

Rogério Frossard é o convidado especial da Semana do Emagrecimento Sustentável que acontece de 8 a 14 de abril no Rituaali Clínica & Spa em Penedo, RJ. São sete dias de workshops e palestras com o médico, além de exercícios físicos inteligentes, alimentação vegetariana funcional e tratamentos de spa para emagrecer de vez e restaurar o seu metabolismo. Confira a entrevista com o médico!

 

Quais seriam as doenças modernas? O que vem aumentando a incidência dessas doenças?

As doenças modernas são as enfermidades cuja incidência vem aumentando no recente período da história da nossa civilização. Diferentemente das doenças infecto-contagiosas, elas podem afetar a saúde das populações da sociedade moderna de forma crônica e degenerativa, pois seu agente transmissor tem origem metabólica, ou seja, é a combinação daquilo que comemos: a nossa dieta e aquilo que deixamos de fazer, que é um determinado tipo de atividade física. Dentre elas podemos citar a doença coronariana, o diabetes e o câncer, cuja incidência aumenta à medida que uma determinada nação, como o Brasil, eleva o seu grau de desenvolvimento.

É possível controlar esses problemas sem medicamentos?

Sem dúvida alguma! Elas são doenças comportamentais, e a mudança do estilo de vida representa a única solução. Não há medicamento com poder para reverter este problema, pois a sua origem se encontra na ruptura de hábitos ligados à luta pela sobrevivência, como se mover e comer. Há alguns fisiologistas que afirmam que os seus sintomas são um sinal de alerta do corpo, como a isquemia cardíaca e a intolerância glicêmica, para que então sejam tomadas medidas que evitem a evolução de graves doenças, como o infarto agudo do miocárdio e o diabetes.

O que são os chamados exercícios inteligentes?

O exercício inteligente é aquele que complementa a dieta também inteligente para tornar um indivíduo saudável. O adjetivo se refere à combinação do mover e comer sinergicamente. Nossa sobrevivência depende diretamente da nossa capacidade de renovação de nossas reservas energéticas, sendo três os elementos essenciais para isto: a água, o oxigênio, e o carboidrato. Dieta e exercício inteligentes priorizam o suprimento destes elementos de forma satisfatória, prevenindo ou tratando estas doenças.

Qual a importância do músculo nesse contexto e que exercícios seriam os ideais para trabalhá-los?

São os músculos que promovem o movimento do corpo que, por sua vez, demanda muita energia (ou seja, consumo de água, oxigênio e carboidrato). Nossa movimentação e o uso regular desta musculatura irá promover adaptações que favorecem a manutenção do peso ideal. Nossos músculos possuem o maior potencial endócrino de todo o corpo, são eles os responsáveis por queimar a gordura! Isso não significa aumentar o músculo, mas se movimentar e consumir energia. As pessoas gastam muito tempo com exercícios para aumentar o músculo quando, na verdade, devem aumentar o oxigênio no corpo, ou seja, praticar exercícios de deslocamento, como a caminhada e a natação.

Existe algum tipo de dieta que seja mais recomendada para quem quer perder peso? Como ela atua no organismo?

Não há mágica, toda dieta envolve consumo calórico. É pura aritmética, perda natural de peso só ocorre quando ingerimos menos calorias do que gastamos. Como a gordura é o elemento mais calórico, a dieta deve ser baixa neste elemento, devendo ainda favorecer a função do músculo, o único capacitado para queimá-la. A dieta inteligente é baseada em volumosas refeições ricas em amido e fibra dos carboidratos, densas em energia, vitaminas e sais minerais, capazes de promover satisfação com baixo teor calórico, priorizando os músculos e o aumento da massa muscular. Juntos, dieta e exercício inteligentes criam um ambiente inóspito para as doenças metabólicas.

Os treinamentos esportivos normalmente voltados para atletas também podem ser utilizados para quem quer sair do sedentarismo?

Há vários tipos de treinamento específicos para cada prática esportiva. O tipo que nos interessa é o treinamento aeróbio que, como o nome já diz, eleva o consumo de oxigênio. É preciso determinar a sua duração e frequência, de forma a ajustar a sua carga ou intensidade para se obter os melhores resultados. Mas não há necessidade de realizar esforços exaustivos para isso ou passar fome, a regularidade é muito mais importante.

É possível evitar o chamado efeito sanfona? Como?

O chamado efeito sanfona é típico da proposta mais comum do mercado do “emagrecimento”: as dietas low carb. Oposta à dieta inteligente, ela apela para o apetite sedentário da sociedade moderna, alcançando fácil adesão. No entanto, como ela se baseia na restrição do consumo do açúcar e do amido dos carboidratos, se torna muito difícil a sua manutenção devido à intolerância aos seus efeitos tóxicos, similares ao diabetes descompensado onde, devido à falta de açúcar, ocorre grande perda de água e de massa muscular; a perda de peso de um enfermo. A dieta inteligente hidrata o corpo elevando sua massa muscular enquanto reduz a massa gordurosa. Este sim é o verdadeiro emagrecimento pois, mesmo no caso de abandono da terapia, o indivíduo leva algum tempo para recuperar a gordura que perdeu.

Existe diferença no metabolismo das pessoas? É genético? Um metabolismo lento pode ser corrigido por mudanças no estilo de vida?

As causas de um metabolismo lento podem ser endócrinas, como no caso do hipotireoidismo por exemplo. Mas na maioria das vezes, a ineficiência metabólica resulta do desuso da musculatura consumidora de oxigênio, que promove a queima da gordura. Isto é muito comum nos nossos dias, quando consideramos o nosso nível de interesse pela atividade física, num mundo que nos proporciona recreações muito mais interessantes. O indivíduo acredita que esteja ágil e veloz, se iludindo ao dirigir o seu carro, e ainda se sente cansado após uma hora de viagem. No entanto, ele mesmo não fez nada. Infelizmente, nossas crianças estão perdendo o interesse pela atividade física sem mesmo ter construído um breve período em sua história.

O que os hóspedes do Rituaali podem esperar da Semana Especial de Emagrecimento Sustentável?

Podem esperar muitas revelações que não são muito divulgadas devido à desinformação que impera nessa área. As explicações científicas se encontram na fisiologia do esforço, uma cadeira desconhecida do tradicional currículo médico. Na faculdade estudamos as doenças que afetam órgãos e sistemas, mas do tecido muscular não sabemos quase nada! Como pode a maior massa de todo o corpo, cuja função é a regulação metabólica de todos os nossos sistemas, ainda não receber a devida atenção? É uma oportunidade única de experimentar com prazer e satisfação dieta e exercício que farão desta semana uma experiência inesquecível!

Últimas Notícias

Saúde