Atenção: não deixe que a depressão de domingo paralise você!

Caracterizada por sentimentos de ansiedade, melancolia e tristeza, a depressão de domingo é mais comum do que se imagina. 

Conteúdos

Se você já sentiu tristeza no domingo ao entardecer…

Se você já experimentou uma sensação de mal-estar ao ouvir a musiquinha de um programa dominical…

Se já se viu reflexivo sobre o retorno às responsabilidades profissionais de segunda-feira…

Você pode estar sendo vítima dela — a “depressão de domingo”.

Caracterizada por sentimentos de ansiedade, melancolia e tristeza, essa depressão é mais comum do que se imagina. 

Existe até memes na internet que expressam esse fenômeno, que atinge pessoas de todos os gêneros, idades e culturas.

Também conhecida como sunday scaries ou “síndrome do domingo à noite”, essa angústia antecipatória vem se tornado cada vez mais comum nos dias atuais, inclusive, entre os mais jovens. 

Mas o que seria exatamente a “depressão de domingo” e por que você precisa lidar com ela?

Trata-se de um tipo de humor depressivo, predominantemente desencadeado pela apreensão em relação ao retorno a mais uma semana de trabalho. 

Segundo especialistas, essa sensação contrasta diretamente com o conforto que experimentamos às vésperas do início do fim de semana.

É um sentimento intrinsecamente ligado ao desconforto associado ao trabalho, bem como à busca pela satisfação. 

Assim como as pessoas geralmente apreciam a sexta-feira devido à sua associação com o prazer e momentos de descontração, o domingo simboliza o encerramento de um ciclo, lembrando-nos que tudo irá recomeçar: as responsabilidades, as burocracias e os aborrecimentos.

Por isso, muitos experimentam essa inquietação.

Embora a “depressão de domingo” não esteja formalmente listada no Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM), o fenômeno pode ser altamente incapacitante. 

Esse estado gera uma sensação de desespero e desânimo, associado a sintomas de depressão e ansiedade. 

Além disso, os efeitos da pandemia serviram para agravar ainda mais esse problema.

As causas da “depressão de domingo”

  • Fim do tempo de Lazer. O domingo marca a transição do tempo livre e relaxante do fim de semana para a retomada das atividades cotidianas. A antecipação do retorno ao trabalho ou às responsabilidades pode gerar ansiedade, criando um desafio emocional.
  • Antecipação de obrigações. O planejamento mental das tarefas e responsabilidades iminentes pode levar a uma sensação de desconforto. A antecipação excessiva pode amplificar os sentimentos de inquietação, contribuindo para a “depressão de domingo”.
  • Solidão ou isolamento. Para aqueles que experimentam o domingo de forma mais solitária, a ausência de planos ou atividades sociais pode intensificar os sentimentos de tristeza. A conexão social desempenha um papel vital na saúde mental, e a falta dela pode impactar negativamente o bem-estar emocional.
  • Pressão Social. Expectativas sociais ou comparações com outros que aparentemente desfrutam de seus fins de semana podem criar um cenário de inadequação. A pressão para se adequar a padrões preestabelecidos pode contribuir para a “depressão de domingo”.
  • Ritmo de vida acelerado. Para aqueles que levam uma vida agitada durante a semana, o retorno a um ritmo acelerado pode ser estressante. O contraste entre os momentos de lazer e o retorno à rotina pode desencadear sentimentos de apreensão.

Conselhos para Lidar com a “depressão de domingo”

  • Atividades terapêuticas. Incorporar práticas como exercícios, meditação e leitura pode proporcionar um momento de relaxamento e preparação para a semana.
  • Planejamento Antecipado. Organizar tarefas e obrigações com antecedência pode reduzir a ansiedade em relação ao desconhecido, proporcionando um senso de controle.
  • Conexão Social. Programar atividades sociais ou entrar em contato com amigos e familiares pode mitigar a sensação de solidão e fortalecer os laços sociais.
  • Mudança de Perspectiva. Encarar o domingo como uma oportunidade de recomeço, em vez de um fim, pode transformar a percepção negativa associada a este dia.

A “depressão de domingo” é uma realidade enfrentada por muitos, mas compreender suas causas e adotar estratégias eficazes pode ajudar a aliviar esse mal-estar. 

Integrar práticas de autocuidado, planejamento e conexão social são elementos essenciais para enfrentar esse fenômeno e iniciar a semana com uma mentalidade mais positiva.

Fique bem.

Compartilhe esse post:

WhatsApp
Facebook
Email

Estamos felizes em anunciar que o Rituaali é um dos indicados ao prêmio de melhor spa do Brasil pelo World Spa Awards!

Esta é uma oportunidade incrível para sermos reconhecidos mundialmente,
e não podemos fazer isso sem você.
🏆 Melhor spa do Brasil

Procurando por conteúdos de saúde, simples e práticos?

Receba conteúdos relevantes, descomplicados e objetivos sobre qualidade de vida e longevidade.

Assine agora 🍃

Receba conteúdos relevantes, descomplicados e objetivos sobre qualidade de vida e longevidade.

Não fique com dúvida. Pergunte e nós respondemos.

Envie sua dúvida

Envie suas perguntas abaixo (anonimamente) e nosso especialista poderá respondê-las em uma próxima edição de nossa newsletter.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.