Fitoterapia: conheça o poder das plantas que curam

Algumas plantas ajudam a controlar inclusive o stress. Que tal conhecê-las?

Conteúdos

A natureza sempre ofereceu recursos renováveis e que são muito úteis para a humanidade. Com base nisso, foi desenvolvida a fitoterapia. Ela utiliza plantas que curam doenças e disfunções para o uso em tratamentos medicinais muito eficientes em vários tipos de problemas de saúde.

Esses métodos podem ser muito úteis também para oferecer ao organismo nutrientes em falta. Algumas plantas ajudam a controlar inclusive o stress, um dos males da sociedade moderna e que afeta tantas pessoas.

Poder optar pela fitoterapia, uma alternativa natural e não-agressiva como tratamento é uma grande vantagem para quem busca um estilo de vida mais saudável. Que tal conhecer algumas dessas plantas que têm poder de cura? Confira!

fitoterapia

Fitoterapia | Plantas com poder de cura

Ginseng

De origem asiática, essa planta tem como principal característica o efeito energético. Assim, ela é uma grande aliada para o combate à indisposição e ao cansaço excessivo provocado pela rotina atarefada do homem moderno.

Ela também tem atuação importante no fluxo sanguíneo cerebral, o que faz com que seja muito boa para a manutenção da memória. Você pode encontrar o ginseng moído em casas de artigos naturais, onde ele é valorizado por suas propriedades na fitoterapia.

Arnica

Você certamente já ouviu falar da atuação da arnica em machucados e lesões, certo? Por meio de géis e pomadas, ela reduz hematomas e diminui a sensação de dor com bastante eficácia, sendo comumente utilizada na fitoterapia. Para quem deseja usar a planta da forma mais natural possível, é possível preparar uma solução em casa.

Misture 1 folha de arnica picada a 5 colheres de álcool de cereais e 5 colheres de água. Misture bem os ingredientes até chegar a uma solução uniforme. Para que as propriedades sejam ativadas, é necessário deixar a mistura descansar por 15 dias antes de começar a usar. Aplique-a em traumas e lesões, mas nunca em feridas abertas.

Camomila

Presente em um dos chás mais tradicionais, essa erva tem boa atuação no processo digestivo e ajuda o intestino a funcionar melhor. Além disso, ela também atua na hidratação da pele, sendo importante no combate a irritações.

O chá é facilmente encontrado, mas a solução para aplicar na pele precisa ser preparada. Basta diluir 6 colheres (sopa) de flores de camomila em 1 litro de água. Depois disso, esse líquido deve ser colocado sobre a região em forma de compressa.

Alho

Tempero tradicional com aroma e sabores únicos, o alho também possui propriedades que podem ser muito úteis para o corpo humano. Ele é um dos maiores aliados naturais no combate ao colesterol alto e também funciona como um eficiente expectorante. Nesses dois usos ele precisa ser ingerido por meio de uma solução.

Você deve picar o alho e adicionar a medida de 1 colher (café), de aproximadamente 0,5g, a um copo com 30ml de água. A ingestão dessa mistura por duas vezes ao dia trará os efeitos desejados para os quadros citados.

Canela

A canela é uma especiaria única e muito tradicional. Além de seu perfume e sua atuação como tempero, ela também tem outras funções importantes para a saúde e é uma grande aliada das mulheres que sofrem com as cólicas no período menstrual — além de ser muito eficiente para a digestão.

Para aproveitar essas propriedades, basta fazer um chá com a casca da canela e ingerir o líquido uma vez ao dia. Vale apenas certificar-se de que você não possui intolerância a essa substância.

Valeriana

A valeriana é uma das principais plantas que curam: com ações anti-stress, ela é uma ótima aliada no combate a esse mal. Além disso, ela possui efeitos muito positivos na manutenção do sono e no controle da ansiedade.

Prepare o chá de valeriana da seguinte forma: em uma xícara, coloque 1 colher (chá) da raiz picada e, em seguida, adicione água quente. Coe o líquido após 5 minutos e beba, tomando cuidado para não tomar por 10 dias seguidos — faça sempre pausas de 2 dias.

Babosa

A babosa tem propriedades benéficas para os cabelos e sua atuação pode ser muito importante em um problema que geralmente afeta crianças: piolhos. Assim, ela se apresenta como uma solução natural quando aplicada diretamente na cabeça.

Basta cozinhar as folhas de babosa e, em seguida, esfregá-las no couro cabeludo da criança ou de quem estiver com piolhos e lêndeas. Deixe atuar por 15 minutos e depois enxágue bem.

Dente-de-leão

As folhas de dente-de-leão têm grande poder digestivo. Ela estimula a produção da bile, que é fundamental no processo, especialmente para comidas que precisam de um maior esforço do organismo. Sua atuação nessa função é potencializada também pela sua boa quantidade de fibras.

Para ingerir, basta ferver 4 colheres (chá) da erva para cada xícara de água, fazendo uma solução que é uma espécie de chá. No entanto, atenção: essa bebida não é recomendada para grávidas, menores de 2 anos, pessoas que tenham cálculos renais e hipertensos.

Eucalipto

A importância do eucalipto está diretamente ligada às funções respiratórias. Ele funciona como um eficiente expectorante, além de ser um poderoso aliado no combate a problemas mais incômodos como a asma e a bronquite. Para quem sofre dessas doenças, a inalação é bastante eficaz, sendo o eucalipto amplamente utilizado na fitoterapia.

Basta fazer uma solução de 1 litro de água com 8 folhas de eucalipto. Em seguida, basta levar a mistura ao inalador e fazer o processo cerca de 2 vezes ao dia.

Boldo-do-chile

Em certos momentos alguns alimentos não caem tão bem, concorda? É importante ter sempre uma alimentação saudável, mas há um remédio natural para solucionar problemas causados pelos exageros ou dificuldades de digestão: o boldo-do-chile. Ele é uma das principais ervas para aliviar problemas de digestão que causam náuseas e dores.

O consumo deve ser feito da forma mais tradicional, por meio do chá. Coloque uma colher (sopa) de folhas picadas para a medida de uma xícara de água e ferva tudo junto. Coe e ingira sempre que precisar — mas sem abusar, pois o excesso pode resultar em intoxicação.

As plantas que curam são as principais motivações para o desenvolvimento da fitoterapia. Com essa vasta opção, é sempre melhor optar por soluções naturais para a cura de doenças, disfunções ou dores.

E aí, gostou deste post sobre fitoterapia? Então assine a nossa newsletter para receber nossos conteúdos direto no seu e-mail!

Referências:

  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Ginseng
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Arnica
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Aloe_vera

Compartilhe esse post:

WhatsApp
Facebook
Email

Estamos felizes em anunciar que o Rituaali é um dos indicados ao prêmio de melhor spa do Brasil pelo World Spa Awards!

Esta é uma oportunidade incrível para sermos reconhecidos mundialmente,
e não podemos fazer isso sem você.
🏆 Melhor spa do Brasil

Procurando por conteúdos de saúde, simples e práticos?

Receba conteúdos relevantes, descomplicados e objetivos sobre qualidade de vida e longevidade.

Assine agora 🍃

Receba conteúdos relevantes, descomplicados e objetivos sobre qualidade de vida e longevidade.

Não fique com dúvida. Pergunte e nós respondemos.

Envie sua dúvida

Envie suas perguntas abaixo (anonimamente) e nosso especialista poderá respondê-las em uma próxima edição de nossa newsletter.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.